O óleo lubrificante tem uma série de benefícios para os motores e máquinas. Por isso, é fundamental realizar a coleta do óleo lubrificante usado de forma adequada e cuidadosa.

A Agência Nacional do Petróleo (ANP), o Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) e a Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) possuem determinações sobre a coleta, transporte e rerrefino do óleo lubrificante. Essa prática é necessária porque um litro pode contaminar até um milhão de litros de água.

Descarte e coleta do óleo lubrificante usado

O óleo lubrificante pode ser reutilizado sem preocupação, pois cerca de 80% do óleo básico é extraído após o rerrefino. Além disso, a coleta do óleo lubrificante usado também é importante porque evita que o resíduo seja um problema para a saúde pública e para a economia devido ao alto custo para a indústria e para os governos.

Além da coleta do óleo lubrificante usado, é importante fazer o descarte corretamente de acordo com as recomendações do conselho responsável.

Como fazer o descarte e a coleta do óleo lubrificante usado

A Resolução nº 362/2005 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) define a coleta e o rerrefino como destino obrigatório dos óleos lubrificantes usados ou contaminados.

Dessa forma, fica definido que quem vende ou efetua a troca do óleo lubrificante deve retirar os resíduos do motor e armazená-los em local apropriado para entregar ao coletor autorizado. Os estabelecimentos também devem informar sobre os cuidados que os clientes devem ter com os óleos lubrificantes.

É necessário fazer a coleta do óleo lubrificante usado de forma correta. Para isso, armazene o produto e, caso tenha uma grande quantidade de óleo, entre em contato com a empresa coletora mais próxima. Para coletar e armazenar o produto com segurança em sua oficina ou auto center você deve usar os coletores de óleo.

Coleta ilegal do óleo lubrificante usado

No Brasil, mais de 300 milhões de litros de óleo usado são desviados do modelo de estabelecimento de coleta e descarte, colocando o meio ambiente em risco. A incorreta coleta do óleo lubrificante usado acontece, principalmente, em pequenos estabelecimentos que não se preocupam com licenças, registro, limpeza entre outros.

As principais medidas para combater a coleta e destinação ilegal do óleo usado segundo os especialistas são:

  • Licenciamento, que promove o gerenciamento do resíduo;
  • Motivação, que motiva a iniciativa do setor;
  • Repressão da ilegalidade visando o bom andamento da atividade.

Como sua empresa tem feito a coleta do óleo lubrificante usado? Você tem alguma dúvida sobre o processo? Deixe uma mensagem! Quer mais informações sobre o mundo automotivo? Não deixe de acompanhar o Facebook da Bompreço Auto Peças.