Com o constante aumento no preço dos produtos de postos de gasolina, economizar combustível causa um enorme e positivo impacto nas finanças.

Os costumes e práticas do motorista interferem diretamente em quanto combustível é gasto e, por isso, até o final deste artigo você aprenderá alguns hábitos que te auxiliarão a parar de perder dinheiro!

Aliás, não deixe de conferir o material que já fizemos anteriormente com algumas dicas para diminuir este consumo. É só clicar aqui para ter acesso ao conteúdo que preparamos.

Antes de tudo, é importante a manutenção do seu carro estar em dia.

Troque os filtros de ar, óleo e gasolina com a frequência indicada para cada um, além de ficar atento ao manual para utilizar o tipo de óleo específico para seu veículo.

A calibragem dos pneus também é um fator que precisa ser vista e revista para garantir que está tudo certo.

Verifique também o sistema de escape, os cabos de ignição e as velas. As partes do carro são como as partes do corpo humano, que têm uma conexão direta e/ou indireta entre si. Elas precisam estar bem para o sistema funcionar perfeitamente.

Danos aos componentes comprometem o rendimento do veículo.

Quando você tiver a certeza de que o carro está funcionando da forma adequada, concentre seu foco na direção para a economizar combustível.

Acompanhe o texto e descubra como hábitos simples podem ajudar você nesse objetivo.

Como economizar combustível

Alguns fatores na relação entre automóvel e motorista são determinantes quanto ao consumo de combustível.

A aceleração é um destes fatores. Quanto maior a velocidade, maior a resistência do ar que o veículo terá que enfrentar e, consequentemente, maior o consumo.

Quando precisar acelerar, faça de forma progressiva, principalmente em trechos urbanos, para sofrer menos com essa resistência.

A troca de marchas feita de forma correta também é uma grande aliada para quem quiser economizar combustível. Evite forçar o motor.

Verifique o manual para saber os momentos corretos de se trocar cada marcha e fique de olho nas rotações do motor, pois isso interfere diretamente na sua eficiência e na economia de combustível.

Outro aspecto que influencia na força do veículo para se deslocar é o peso do automóvel. Evite transportar objetos desnecessários, como bagagens no porta-malas que você não irá utilizar.

Manter o carro livre de lixo e barro também é uma atitude simples que interfere neste peso e no trabalho realizado pelo motor para colocar o carro em movimento. Então, carregue apenas o necessário.

Utilizar as janelas fechadas quando estiver em uma velocidade mais alta contribui para a aerodinâmica do veículo e também reduz o esforço do motor, auxiliando a economizar combustível.

O ar-condicionado é algo que deve ser usado com moderação também. Ele pode aumentar o consumo em uma quantidade que varia entre 10 a 20%.

Para suavizar a sensação desagradável causada pelo calor, algumas práticas são bastante indicadas. Hábitos como sempre buscar estacionar em locais com sombras, desligar o ar alguns minutos antes de chegar ao destino e usar insulfilm.

Aliás, não deixe de conferir nosso artigo que explica o limite máximo de insulfilm permitido nos carros para ter certeza de que a sua escolha está correta. É só clicar aqui e ler.)

Para quem roda em velocidade mais alta, há também a opção de usar as entradas de ar sem ligar o ar-condicionado.

Por fim, seu maior aliado será você mesmo. Tenha uma mente tranquila e descansada.

Mantenha uma direção suave, sem agressão, com manobras tranquilas e acompanhando o fluxo do trânsito.

A aceleração, seja por alta velocidade ou manobras bruscas por não manter a distância adequada do veículo da frente. Este é um dos fatores que mais interfere no gasto de combustível de um veículo em tráfego urbano. Então relaxe, curta o passeio e lembre-se de que dirigir é prazeroso se você permitir.

Agora que já passamos pelas principais dicas que impactam positivamente o consumo de gasolina do seu carro, não se esqueça de praticá-las no seu dia-a-dia.

Ah, e inscreva-se para receber as atualizações direto no seu e-mail e não perder os próximos artigos.

De quebra você ainda terá acesso ao nosso ebook exclusivo “Você tem o perfil de um bom mecânico?”. Caso você não seja um profissional da área, este material irá te auxiliar a selecionar bem o especialista quando precisar de um.

Suba a página e vá para a vermelha na lateral desta página!