A vida útil da embreagem é, em média, de 40 mil quilômetros. No entanto, é comum realizar a troca aos 10 mil quilômetros na maioria dos casos por mau uso do condutor. Pensando nisso, nesse post iremos explicar como é feita a troca de embreagem no Nissan March 1.6 2013/2014.

Troca de embreagem no Nissan March 1.6 2013/2014: como fazer

Antes de iniciar a troca de embreagem no Nissan March 1.6

  1. Faça um teste utilizando o dinamômetro, que mede o esforço sobre o pedal de acionamento da embreagem. Um kit novo (disco e platô) de embreagem apresenta entre 8 e 10 kgf.

Passo a passo para a troca de embreagem no Nissan March 1.6

  1. Retire a bateria do veículo, removendo o suporte abaixo da caixa de fusíveis e o suporte da base da bateria.
  2. Em seguida, retire a fixação do chicote posicionado na base da bateria com um alicate.
  3. Retire as mangueiras do filtro de ar de suas abraçadeiras.
  4. Solte a fixação da caixa do filtro de ar.
  5. Com o auxílio de um alicate, solte as pontas do trambulador.
  6. Remova o parafuso superior do motor de arranque. Com o mesmo conjunto de ferramentas, faça a remoção dos dois parafusos superiores da caixa de câmbio.
  7. Retire a mangueira de acionamento da embreagem.
  8. Posicione o veículo no elevador, deixando-o à meia altura, e retire as rodas dianteiras.
  9. Remova o pivô da suspensão com uma chave catraca com soquete. Repita esse procedimento em ambos os lados do veículo.
  10. Erga mais o elevador para retirar o quadro de suspensão e remova os parafusos das bandejas de suspensão.
  11. Desça o quadro de suspensão com o auxílio de um macaco hidráulico.
  12. Após retirar o quadro de suspensão, faça a amarração da caixa de direção para não forçá-la.
  13. Esgote o óleo do câmbio e reserve-o para o descarte correto.
  14. Com a ajuda de uma espátula, solte os dois semieixos.
  15. Desconecte o interruptor da ré e remova o cabo terra.
  16. Utilize o macaco hidráulico para segurar o motor.
  17. Finalizada a remoção de todos os parafusos, solicite uma ajuda extra para baixar a caixa de câmbio.

Finalização da troca de embreagem no Nissan March 1.6

  1. Após todo o procedimento, verifique o estado e o desgaste nos revestimentos do disco e assentamento das molas segmentos.
  2. Confira se o volante do motor não apresenta fissura ou rachadura.
  3. Verifique se os guias de centralização entre câmbio e motor não estão quebrados ou faltantes.
  4. Para verificar se o platô não sofreu queda antes de ser montado no carro, faça o teste de bancada, aferindo com auxílio de uma furadeira de bancada ou em uma prensa hidráulica.
  5. Para verificar se existe alguma trinca ou vazamento, faça a limpeza da caixa com pincel e querosene ou óleo diesel, além de eliminar qualquer resquício de óleo ou graxa.
  6. Limpe bem a carcaça e o eixo piloto e tenha cuidado para não molhar a entrada do semieixo, evitando a contaminação dessa área.
  7. Lubrifique as estrias com uma pequena quantidade de graxa grafitada no estriado do disco de embreagem e retire o excesso com um pano. Limpe o platô com álcool.
  8. Para facilitar o assentamento da embreagem, limpe o volante do motor com ajuda de um pincel e aplique um pouco de álcool na área de contato. Além disso, utilize uma lixa de aço de gramatura 100.
  9. Centralize o disco com a ferramenta centralizadora.
  10. Recoloque a caixa de câmbio.
  11. Com a transmissão no lugar, efetue o processo convencional de sangria do sistema.
  12. Encaixe os semieixos.
  13. Remonte o trambulador e o suporte de bateria, conecte os cabos da bateria, monte a caixa do filtro de ar e prenda a braçadeira da mangueira do filtro de ar.
  14. Por fim, realize o teste de força de acionamento de embreagem novamente e confira a força aplicada no pedal.

Pronto! A troca de embreagem no Nissan March 1.6 2013/2014 está finalizada. Ainda tem alguma dúvida? Deixe sua mensagem abaixo!

Para mais dicas como essa, acompanhe nosso blog. A Bompreço Autopeças trabalha com as melhores marcas do mercado e condições especiais de pagamento para parceiros. Confira nossa linha completa de produtos no site.

Fonte: O Mecânico