Para substituir os sistemas mecânicos de travamento, vedação e fixação química de componentes são utilizados adesivos anaeróbicos. Esses produtos secam rapidamente na ausência de ar e em contato com o metal, representando uma boa opção para o serviço.

Para saber mais sobre travamento, vedação e fixação química de componentes, continue lendo.

Como fazer travamento, vedação e fixação química de componentes?

Travamento, vedação e fixação química de componentes são resinas que endurecem rapidamente na ausência de oxigênio. São produtos de ação rápida, eficiente fixação, seguros, de fácil aplicação e permitem que os serviços de manutenção e montagem sejam mais ágeis e econômicos.

Travamento:

Antes da aplicação do adesivo para travamento é importante limpar a peça e retirar os contaminantes, garantindo a fixação e o contato direto com a superfície. O adesivo de travamento pode ser aplicado em porcas de coletor de admissão, bomba de óleo, volante, amortecedor e motor de partida e outros.

Vedação:

A vedação tem a finalidade de impedir a entrada e saída de fluídos de conexões. Para realizar uma vedação eficaz, escolha um produto que não contém solventes em sua composição, não seca na embalagem e possua alta resistência química e a elevadas temperaturas.

Uma dica importante é aplicar uma quantidade de produto suficiente para dar uma volta completa pela rosca. O processo de vedação pode ser feito em porta injetor, bujão de óleo do cárter, sensores de temperatura, conexões roscadas da tubulação de combustível, ar, água e óleo.

Fixação

O processo de fixação é rápido, econômico e com resultados satisfatórios. A fixação química é indicada para montagens com interferências e folgas entre peças e para restaurar o ajuste de montagem sobre eixos desgastados, rolamentos frouxos e chavetas danificadas.

Se você gostou das nossas dicas, continue acompanhando o blog da Bompreço Auto Peças e deixe seu comentário abaixo. Não se esqueça de ficar de olho em nosso Facebook.